O que é CDB? Veja como investir!

o que é CDB
o que é CDB

“CDB” é um termo frequentemente encontrado por novos investidores que estão se aventurando além da poupança em busca de melhores oportunidades de investimento. Para quem está iniciando no universo da renda fixa, compreender o que significa “CDB” é crucial, pois é uma expressão recorrente no setor de investimentos.

A jornada de um investidor inclui o aprendizado de diversos conceitos, como “Tesouro Direto”, “IPCA”, “CDB” e “CDI”, entre outros termos essenciais.

O que é o CDB?

Investir no Tesouro Direto é basicamente emprestar dinheiro ao governo, e o mesmo conceito se aplica às debêntures, onde se empresta dinheiro para empresas realizarem grandes projetos. Com os CDBs, ou Certificados de Depósito Bancário, a ideia é similar.

Ao investir em CDBs, você está emprestando dinheiro a bancos para financiar suas atividades de crédito. Como recompensa por esse empréstimo, os bancos pagam juros durante um período específico.

Como funciona o CDB?

Ao considerar o investimento em CDBs (Certificados de Depósito Bancário), é importante estar ciente de alguns aspectos essenciais. Primeiramente, a liquidez, ou seja, a facilidade com que você pode sacar o dinheiro investido.

Muitos Certificados de Depósito Bancário oferecem liquidez diária, permitindo o resgate a qualquer momento. Outros possuem liquidez apenas no vencimento, o que significa que o dinheiro ficará imobilizado até uma data predeterminada.

O segundo ponto a considerar são os custos associados. Diferentemente dos fundos de renda fixa, os CDBs geralmente não incorrem em taxas de administração. Contudo, em alguns casos, pode haver taxas de corretagem ou custódia cobradas por algumas corretoras, embora isso não seja comum. Os principais custos relacionados são o Imposto de Renda, calculado por uma tabela regressiva, e o IOF, aplicável somente em resgates feitos antes de 30 dias.

Outro fator a ser considerado é o valor mínimo para investimento. Cada Certificado de Depósito Bancário tem um valor mínimo de aplicação, variando de acordo com o risco e o potencial de retorno. Por exemplo, é possível encontrar CDBs com investimento inicial a partir de R$ 100,00.

Por último, é crucial entender sua rentabilidade, que é um tópico mais abrangente e merece uma seção dedicada para uma explicação detalhada.

o que é CDB
Quando o investidor adquire um CDB ele está, na verdade, emprestando o dinheiro a um banco em troca de receber aquele valor acrescido de juros (Imagem: Gabriel Mendonça)

Qual é a rentabilidade do CDB?

A rentabilidade varia conforme o tipo de papel e as condições específicas de cada um. Existem três modelos principais de Certificado de Depósito Bancário, cada um com características próprias de rendimento:

  • CDB Prefixado: Neste modelo, a taxa de juros é definida no ato da aplicação. Isso permite que o investidor saiba de antemão o valor que receberá ao final do prazo. Por exemplo, um CDB com uma taxa de 5% ao ano é um exemplo de investimento prefixado.
  • CDB Pós-fixado: Esta é a modalidade mais encontrada no mercado. Aqui, ao invés de uma taxa de juros fixa, utiliza-se um indicador como referência, como o CDI. Portanto, a rentabilidade desse tipo de CDB flutua de acordo com as variações do indicador, tornando impossível prever com exatidão o retorno final.
  • CDB Atrelado à Inflação: Esse tipo combina uma taxa prefixada com outra pós-fixada, que visa compensar a inflação medida por índices como o IPCA ou IGP-M. Algumas instituições também oferecem o “CDB progressivo”, onde a rentabilidade aumenta conforme o tempo de aplicação.

Como investir no CDB?

Para realizar um investimento, é necessário estar registrado em uma corretora de investimentos do mercado financeiro. Uma alternativa é o uso de aplicativos de bancos, já que a maioria das instituições financeiras atualmente disponibiliza essa opção.

Além dessa opção, essas plataformas também oferecem uma variedade de outros investimentos, incluindo outros títulos de renda fixa, opções de renda variável e investimentos em futuros.

Como declarar CDB no Imposto de Renda?

Tem Certificados de Depósito Bancário na sua carteira de investimentos? Você terá que declarar a posse e o rendimento de cada um deles no Imposto de Renda. Confira, a seguir, como declarar a posse do investimento:

1. Acesse “Bens e Direitos” e clique no grupo “04 – Aplicações e investimentos”;

2. Depois, selecione o código “02 – Títulos públicos e privados sujeitos à tributação (Tesouro Direto, CDB, RDB e Outros)”. Em seguida, clique em “Novo”;

3. Na parte da discriminação, informe o CNPJ da instituição financeira responsável pelo título, o tipo de investimento e o número da conta;

4. Por fim, informe o saldo dos investimentos entre 31/12/2021 e 31/12/2022. Os valores devem estar de acordo com os informes de rendimentos.

Feito isso, você terá que declarar os rendimentos obtidos através dos CDBs adquiridos no período informado.  Veja como fazê-lo a seguir:

1. No código “06 – Rendimentos de aplicações financeiras”, escolha a aba “Rendimentos sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”;

2. Informe o nome e o CNPJ da fonte pagadora, bem como o valor do rendimento.

Em todos os casos, você deve informar se os bens e rendimentos são do contribuinte titular ou do dependente, se houver.

Conselheiro de empresas, mentor, empreendedor e investidor serial apaixonado por scale-ups e venture capital. Palestrante em diversas iniciativas do ecossistema brasileiro de inovação e empreendedorismo.