O que significa Black Friday?

Neste texto, explicamos o que significa Black Friday, como ela surgiu, como o nome surgiu e curiosidades sobre a data!

o que significa black friday
o que significa black friday

Conhecida como Black Friday, essa ocasião de vendas oferece descontos em uma ampla gama de produtos. A expressão, que significa “sexta-feira negra” em inglês, designa um dia dedicado a ofertas especiais promovidas por lojas de varejo e outras empresas.

Surgida nos Estados Unidos no século XIX, a Black Friday é associada a um dos feriados mais significativos do país – o Dia de Ação de Graças, celebrado na última quinta-feira de novembro.

Os brasileiros, ao pesquisar sobre a Black Friday, frequentemente cometem erros de digitação devido à pronúncia do termo em inglês. Erros comuns incluem “Blek Flayd”, “Blek Fraide” e “Break Friday”.

Para esclarecer essas confusões, o TechTudo elaborou um guia explicativo sobre as origens e o significado do evento. Aprenda também quais são os equívocos mais comuns ao procurar no Google.

Afinal, o que significa Black Friday? Conheça a história da data!

A primeira menção conhecida de “Black Friday” remonta a 24 de setembro de 1869, quando o valor do ouro disparou nos EUA, desestabilizando a economia naquele dia.

Contudo, somente em 1950 o termo começou a ser associado a um dia de ausência no trabalho após o Dia de Ação de Graças, incentivando um fim de semana prolongado. Essa pausa era comumente aproveitada para fazer compras de Natal.

Nessa época, era comum iniciar as compras natalinas na sexta-feira e também era o dia em que o Papai Noel chegava às grandes lojas, atraindo as crianças da cidade. Devido ao tráfego intenso, os policiais eram proibidos de folgar, trabalhando turnos longos.

A polícia começou a chamar essa sexta-feira tumultuada de “Black Friday”. O termo ganhou popularidade após ser destacado em jornais e noticiários locais, difundindo-se pelo país. Em 1981, “Black Friday” passou a ser usado no sentido comercial atual, com lojas oferecendo grandes descontos para estimular vendas.

Era o dia mais aguardado pelos comerciantes, marcando a transição de um semestre de vendas baixas para lucros – saindo “do vermelho” para “o preto”. A Black Friday chegou ao Brasil em 2010, inicialmente restrita ao comércio online. Posteriormente, supermercados e outros estabelecimentos aderiram com ofertas físicas, tornando o evento amplamente popular e aguardado.

O que significa Black Friday Corpo 1
Saber o que significa a Black Friday é essencial para aproveitar a data da melhor forma (Imagem: Reprodução)

Black Friday: Descubra 4 Fatos Interessantes

A Black Friday ganhou popularidade no Brasil a partir de 2010, enquanto nos EUA já era um evento consolidado. Aqui estão 4 fatos fascinantes sobre essa data.

1. Tumultos e Incidentes na Black Friday nos EUA

Esta data de vendas acontece anualmente após o Thanksgiving. Consumidores formam longas filas, buscando descontos incríveis, que chegam até 90% em alguns casos.

Infelizmente, essa busca frenética por ofertas em lojas físicas às vezes resulta em caos. Durante a Black Friday, ocorrem incidentes devido à grande aglomeração. Em 2008, um exemplo trágico foi a morte de um funcionário temporário do Walmart, pisoteado pela multidão.

2. Eletrônicos: Os Mais Procurados na Black Friday

Pesquisas indicam que eletrônicos lideram as vendas nessa época, com 44% do total. Roupas e acessórios vêm em segundo, com 19%, e produtos de beleza, perfumaria e jogos em terceiro, somando 9%.

3. O Maior Dia de Compras Não é na Black Friday

Contrariando o que se poderia esperar, a Black Friday não é o dia de maior movimentação comercial do ano. O campeão de vendas é o sábado antes do Natal, quando consumidores lotam os mais variados tipos de estabelecimentos.

A data é notória pelo aumento de tráfego nas lojas online, com vendas de eletrônicos atingindo picos.

4. Internet Domina 80% das Vendas na Black Friday

De acordo com um levantamento do Google em 2017, 80% das compras são feitas online. Dessa pesquisa, 11% buscam online mas compram em lojas físicas, enquanto 4% preferem o inverso.

O estudo revelou também que 49% dos consumidores consideram o preço decisivo, seguido por confiança na loja (27%), na marca (13%), custos de frete (5%), opções de parcelamento (3%) e prazo de entrega (2%).

Uma pesquisa da Offerwise, a pedido do Facebook, mostrou que 80% dos brasileiros investigam mais sobre um produto após verem um anúncio online, 28% visitam lojas físicas para avaliar o item, e 41% o adicionam ao carrinho virtual.

Conselheiro de empresas, mentor, empreendedor e investidor serial apaixonado por scale-ups e venture capital. Palestrante em diversas iniciativas do ecossistema brasileiro de inovação e empreendedorismo.